quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Operação Serrana: MPRN combate tráfico de drogas e prende 6 pessoas no Seridó


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (RN) (MPRN) deflagrou nesta quinta-feira (25) a Operação Serrana. O objetivo é combater o tráfico de drogas em cidades do Seridó potiguar. Ao todo, foram cumpridos 1 mandado de prisão e outros 16, de busca e apreensão, nas cidades de Florânia (RN), São Vicente (RN), Tenente Laurentino (RN) e Caicó (RN). Houve apreensão de drogas, dinheiro e cinco prisões em flagrante. As 6 pessoas presas serão encaminhadas ao sistema carcerário potiguar.

 

A investigação sobre a atuação do grupo criminoso ficou a cargo da Promotoria de Justiça de Florânia, com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Seridó.

 

A operação Serrana contou com a participação de promotores de Justiça e servidores do MPRN. A ação também contou com 68 policiais militares. Foram apreendidos cocaína, crack, maconha, balança de precisão, máquinas de cartão, vários cartões e ainda dinheiro em espécie.

 

O material apreendido será periciado pelo MPRN e servirá de provas de que os investigados estão associados para prática do crime de tráfico de drogas, mediante armazenamento, transporte, venda e aquisição de entorpecentes.

 

Disque-Gaeco

 

O Gaeco/MPRN mantém o Disque-Gaeco para o recebimento de denúncias de crimes. O contato via WhatsApp é (84) 98863-4585, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. As denúncias também podem ser enviadas pelo e-mail: denuncia@mprn.mp.br. As informações e os dados dos denunciantes serão preservados.

quarta-feira, 24 de novembro de 2021

SUGESTÃO DE PAUTA: NELTER QUEIROZ CRITICA GOVERNO DO ESTADO POR MUDANÇA DE PLANOS NA INSTALAÇÃO DE EMPRESA QUE GERARIA EMPREGOS EM ASSÚ

 

Durante sessão plenária da Assembleia Legislativa do Estado Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (24), o deputado Nelter Queiroz (MDB) direcionou críticas para a governadora Fátima Bezerra (PT), em virtude da mudança de planos na instalação da empresa ABG Minerações LTDA, que geraria empregos na comunidade Compasa, em Assú.

 

“A governadora articulou para que a empresa fosse levada para o assentamento Hipólito, em Mossoró, retirando da cidade de Assú a geração de mil empregos diretos”, disse Nelter, ponderando que a chefe do Poder Executivo Estadual poderia ter levado outra empresa para investir na cidade de Mossoró.

 

Para o deputado, a atitude da governadora Fátima Bezerra deixou pais e mães de família, de Assú e região, numa situação difícil.

 

PLEITOS

 

Ainda em seu discurso, Nelter Queiroz requereu à Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) mais contingente policial e viaturas para a região Seridó, principalmente para a cidade de Tenente Laurentino Cruz. “Reitero pleito anterior e solicito que a Secretaria destine uma caminhonete 4x4 para a Polícia Militar de Tenente Laurentino Cruz, já que a viatura daquele município está quebrada”.

 

Nelter cobrou ainda resolutividade para o abastecimento hídrico no município de Jucurutu, onde diversos bairros estão há 10 dias sem água. “Já temos água na Barragem de Oiticica. Água tem, mas o Governo não investe, a CAERN deixa a desejar e o abastecimento d’água em nossa Jucurutu fica comprometido”.

Florânia: Viagem a Brasília prefeito Galo garante recursos para asfaltar a principal avenida da cidade até o Bairro Rainha do Prado, bem como um carro compactador de lixo.



Na capital federal o prefeito Galo participou de reuniões e encontros na busca pela liberação de recursos e celeridade na execução de obras já no gatilho para a cidade de Florânia, como é o caso do asfalto que compreenderá a principal avenida da cidade até o Bairro Rainha do Prado, bem como o carro compactador de lixo que já está no RN aguardando apenas algumas situações burocráticas serem processadas para que o mesmo seja entregue a nossa Florânia.

 

“Agradeço a atenção por parte do presidente da Assembleia Legislativa do RN, Dep. Ezequiel Ferreira de Souza, e do Ministro Rogério Marinho. tenho certeza que estou voltando para Florânia, com ótimas notícias e com pontes construídas a partir da coragem de sair do gabinete e ir ao encontro de quem pode nos auxiliar para cada vez mais fazer a melhor gestão no melhor lugar, o lugar de gente feliz” prefeito Galo.

segunda-feira, 22 de novembro de 2021

Prefeitos e vices do RN votam nas urnas e chamam atenção em Brasília


 

Em Brasília, a comitiva do Rio Grande do Norte com prefeitos e vices do PSDB chegaram ao Centro de Convenções Ulysses Guimarães chamando atenção. Com bandeiras do Estado e todos com camisas do partido defendiam a campanha de João Doria. De todo Estado, apenas o prefeito de Natal, Álvaro Dias, não apoia Doria.

 

O Rio Grande do Norte tem 31 prefeitos, 25 vices, 244 vereadores e 5 deputados estaduais do PSDB, sendo a maior bancada das Assembleias Legislativas do Nordeste. O segundo Estado é a Paraíba com três parlamentares.

 

"Mostramos a força dos prefeitos e vices do PSDB Potiguar, o partido que mais cresceu no nosso Estado. Em Parelhas, por exemplo, temos o prefeito, o vice Humberto Gondim e sete vereadores tucanos, inclusive o presidente da Câmara e todos apoiam Dória”, informou Dr. Tiago Almeida, secretário-Geral do PSDB RN.

 

O presidente da Associação dos Municípios do Agreste Potiguar (AMLAP), prefeito Fernando Teixeira, também foi a Brasília. “O PSDB de Espírito Santo no Agreste foi o partido que fez mais história. Tivemos nossa reeleição, com o vice Toinho e na Câmara temos oito das nove cadeiras. Inclusive, seis vereadoras mulheres tucanas. Estamos todos com Dória nas prévias”, afirmou o prefeito de Espírito Santo.

 

Presidente do PSDB Mulher, Larissa Rosado que dirige a União dos Vereadores e Vereadoras do Rio Grande do Norte também acompanha a votação em Brasília. A Vice-prefeita de Jaçanã, Riane Guedes, dirigente da Diversidade Tucana mobilizou o prefeito Uady e os vereadores do município. Da Juventude, o vice-presidente Dr. Tadeu (Caicó), a secretária-geral Sonyara Ribeiro, prefeita de Lagoa de Velhos, a presidente da Câmara de Espírito Santo, Maria Fernanda e o vereador Victor Nascimento estão entre a comitiva Potiguar.

sexta-feira, 22 de outubro de 2021

São Gonçalo recebe prêmio de melhor Eficiência Fiscal e Transparência

 

O Instituto Áquila e o Grupo Bandeirantes de Comunicação estão premiando prefeituras de todo país, com base nos conceitos de big data e informações públicas. Nesta quinta-feira (21), foi realizada a cerimônia do Rio Grande do Norte (RN), no auditório da Fiern, em Natal (RN). São Gonçalo do Amarante (RN), administrada pelo prefeito Paulinho Emídio, foi premiada como melhor Eficiência Fiscal e Transparência.

 

O município ainda foi destaque nas categorias ‘Saúde e Bem-Estar’ e ‘Infraestrutura e Mobilidade Urbana’ entre as cidades acima de 100 mil habitantes. O secretário municipal de Comunicação Social e Eventos, Rodolfo Maia, que estava representando o prefeito Paulinho, recebeu os prêmios das mãos do diretor da Band RN, Carlos Bastos.

 

“Parabéns ao instituto Aquila e à Band por essa iniciativa que, além de reconhecer o trabalho dos prefeitos, os incentiva, cada vez mais, à pratica da boa gestão. E em São Gonçalo, o prefeito Paulinho tem se dedicado incansavelmente para promover o desenvolvimento e melhorar a qualidade de vida da população. Mesmo com a crise financeira enfrentada pelos municípios brasileiros, a gestão não parou um dia sequer de realizar obras e ações em todas as áreas da administração pública”, enfatizou Rodolfo.

Pesquisa de opinião pública em Florânia, mostra aprovação de 64,28% do governo municipal

 

Aferiu-se que a administração municipal tem índice de aprovação de 64,28%. Este percentual é compreendido em 26,62% dos entrevistados que compreendem que o governo municipal é “ÓTIMO”, enquanto 37,66% avaliaram a gestão atual como “BOA”.

 

Já 25,32% analisam que a administração de Florânia é “REGULAR”.

 

Rejeitam o modelo administrativo implantado pelo atual gestor, 4,55% dos floranienses, sendo 0,64% que entendem ser “RUIM” e 3,89% que compreendem ser “PÉSSIMA”.

 

Outros 5,84% dos ouvidos afirmaram não saber ou não responderam o quesito.

 

COMPARATIVO COM A GESTÃO ANTERIOR

 

Entre os entrevistados, 19,23% entendem que a gestão anterior foi melhor. Já 39,74% compreendem que o governo municipal atual é melhor.

 

Responderam que ambas as administrações são iguais, 28,20% dos ouvidos. E não responderam ou não souberam responder, 12,82% da população entrevistada.

 

OBRAS OU AÇÕES MAIS EMERGENCIAL

 

Saneamento Básico foi a maior reivindicação do povo da “Terra de Santa Menina”, com 10,89%. Seguido de Geração de Emprego e Renda e Limpeza Pública, com 6,41, ambas.

 

Pavimentação foi outro segmento que recebeu um percentual maior de citações, com 5,12%.

 

Saúde; Água; Praça; Quadra de Esportes; Quebra-Molas; Estradas; Iluminação Pública; Segurança Pública; Acessibilidade; Agricultura; Asfalto; Médicos; Sinalização; Término da Quadra Esportiva e Transporte, com menor índices que foram requeridos pelos entrevistados, somaram 21,12%.

 

Não souberam ou preferiram não responder, alcançou 50,00.

 

AS MEDIDAS RESTRITIDAS DE COMBATE À PANDEMIA

 

Concordaram plenamente com a adoção das medidas municipais e obediência as resoluções das autoridades em saúde do estado, no tocante ao enfrentamento ao coronavírus, 68,58%.

 

Outros 21,79% compreendem que as medidas foram certas em partes.

 

Avaliaram como completamente erradas, as restrições adotadas, 1,28% e não souberam ou preferiram não responder, 8,33% dos ouvidos.

 

A pesquisa foi realizada pela LOGOS – Assessoria & Pesquisa de Gestão.

 

Próximas cidades que devem receber as equipes de pesquisadores são Tenente Laurentino Cruz; São Vicente; Santa de Matos e Bodó.

 

Fonte: Site Focoelho

Pesquisa de opinião pública mostra aprovação de 55,62% da atual gestão municipal de Tenente Laurentino Cruz.

 

Na última quinta-feira, (13), pesquisadores da LOGOS – Assessoria & Pesquisa de Gestão, estiveram na cidade de Tenente Laurentino Cruz, no Seridó potiguar, onde ouviu-se 284 entrevistados, sobre temas diversos.

 

Aferiu-se o índice de aprovação/rejeição da atual gestão municipal; comparativo entre a administração anterior e os primeiros 290 dias do governo laurentinense, que tem Inácio Macedo como gestor. Avaliou-se questão referente a obra/ação mais emergencial, que visa melhorar a qualidade de vida da população e quesito relativo as medidas restritivas de enfrentamento à pandemia.

 

Estas questões estão divulgadas abaixo.

 

O objetivo principal da pesquisa foi a intenção de voto para o pleito do ano que vem, quando elegeremos deputado estadual; deputado federal; senador; governador e presidente da República. Contudo, estes índices não serão veiculados, sendo somente para consumo interno.

 

APROVAÇÃO/REJEIÇÃO

 

Atestou-se que 55,62% aprovam o modelo administrativo implantado pela nova gestão. Este índice está dividido em 22,53% que compreendem ser “ÓTIMO” e 33,09% que entendem ser “BOM”.

 

Avaliam como “REGULAR”, 21,12% dos entrevistados.

 

Reprovam completamente a administração Inácio Macedo, 12,66%, sendo 7,74% que analisam ser “RUIM” e 4,92% que avaliam como “PÉSSIMO”.

 

Outros 10,56% não souberam ou preferiram não responder.

 

COMPARATIVO ENTRE AS ADMINISTRAÇÕES ANTERIOR E ATUAL

 

Observa-se que 17,60% dos ouvidos veem a gestão municipal anterior (2017/2020) de Tenente Laurentino Cruz, melhor que a atual.

 

Enquanto 38,73% enxergam ser a atual melhor que a anterior (2017/2020).

 

Dentre os entrevistados, 28,87% afirmam serem iguais, as gestões anterior e atual.

 

Não souberam ou não desejaram responder, alcançou 14,78%.

 

OBRA/AÇÃO MAIS EMERGENCIAL

 

O principal gargalo da administração municipal de Tenente Laurentino Cruz, é na atualidade a saúde. O percentual de 18,30% entendem que se faz necessário melhorias.

 

Seguindo, conforme o crivo da população, Pavimentação é o 2º mais citado, com 9,15%, vindo logo após, Educação com 5,63%. Segmentos como Estradas; Água; Presença do Prefeito; Limpeza Pública; UBS; Reforma da Quadra; Geração de Emprego e Renda; Odontólogo; PSF; Agricultura; Casas Populares; Escolas; Iluminação Pública; Praça; Quadra de Esportes e Saneamento Básico, somados chegam a 31,61% das citações.

 

Não souberam ou não quiseram responder totaliza 35,21% dos ouvidos.

 

MEDIDAS DE COMBATE A PANDEMIA

 

No tocante as medidas, como decretos e determinação de normas e regras de enfrentamento à pandemia, conclui-se que 64,08% compreendem como “Certas por Completo” as resoluções aplicadas.

 

Avaliam como “Certas em Parte”, 20,42%.

 

Já 7,04% asseguram ser “Erradas por Completo” as ações difundidas durante a pandemia.

 

Não souberam ou prefeririam não responder, 8,45%.

 

Fonte: Focoelho